sábado, 8 de março de 2008

Dia Internacional da Mulher

 

MULHERES

Elas sorriem quando querem gritar.
Elas cantam quando querem chorar.
Elas choram quando estão felizes.
E riem quando estão nervosas.

Elas brigam por aquilo em que acreditam.
Elas levantam-se contra a injustiça.
Elas não aceitam um "não" como resposta

quando acreditam que existe melhor solução.

Elas andam sem sapatos para
que as suas crianças possam tê-los.
Elas vão ao medico com uma amiga assustada.
Elas amam incondicionalmente.
Elas choram quando as suas crianças adoecem
e alegram-se quando elas ganham prêmios.
Elas ficam contentes quando ouvem sobre

um aniversário ou um novo casamento.

 

Pablo Neruda

Pintura: C. Moura

2 comentários:

Isabel-F. disse...

uma boa escolha para o dia de hoje ...

Neruda o poeta que cantou a mulher ...


foi bom reler ...


beijinhos

Meg disse...

Ananarta,
Este é um poema com tal força e que retrata tão bem as mulheres que jó o publiquei em tempos.

E é uma bela imagem da mulher, na sua verdade,

Um grande abraço