quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Temporariamente Fechado




Pois é, tal como diz o título do post, o blog vai estar temporariamente sem ser actualizado mas até quando, isso já não posso responder…têem acontecido muitas coisas na minha vida nas últimas semanas e sinceramente, a disponibilidade mental e fisica para actualizar o blog, de momento simplesmente não existe mas enfim, pode ser que daqui a uns tempos as coisas sejam diferentes, não sei.


Para todos aqueles que já vieram e que costumam cá vir, as minhas sinceras desculpas e obrigado.


Fiquem bem e até breve (espero eu)


Ana

33 comentários:

Sophiamar disse...

Deixo-te um beijo muito grande e um abraço apertado. Volta quando te sentires bem, amiga. Até lá,desejo que recuperes, no seio da família e amigos próximos, a paz de espírito que nos faz tanta falta para continuar a enfrentar a vida.
É que ela continua e aqueles que nos rodeiam precisam de nós.

Bem hajas!

elvira carvalho disse...

Deixo-lhe um abraço e o desejo que breve se recomponha fisica e moralmente.
Tencionava telefonar-lhe hoje para saber de si, mas não deu. Desculpe.
Um abraço

fj disse...

um abraço e até breve!

Meg disse...

Anamarta,
As palavras são óbvias, por isso desnecessárias.
Sabes que compreendo muito bem a tua decisão e que desejo que tudo retome a normalidade.
Para ti o melhor, num abraço com muito carinho.

peciscas disse...

Querida amiga: compreende-se, perfeitamente, que nesta fase não tenhas disponibilidade , sobretudo emocional, para andares pela blogosfera.
Demora o tempo de que necessitares para te recompores dos abalos que te atingiram.
Podes sempre contar com a nossa solidariedade.
Mas queremos que voltes, sobretudo para sabermos que as coisas estarão mais tranquilas.
Um beijo do
António

Carminda Pinho disse...

Ana,

Força. Tu vais conseguir, tenho a certeza.

Até breve...

Beijos

lagartinha disse...

Muitos beijinhos para si e toda a força do Mundo.

Miguel disse...

Obviamente respeitamos a tua decisão e ao mesmo tempo ansiamos pelo teu regresso ...!

Um abraço forte da M&M & Cª!

Isabel-F. disse...

Querida Ana Marta,

Entendo-te perfeitamente ...


espero que breve estejas de volta... algo que precises ... cnta comigo ... basta contactares-me.


beijinhos

Maria disse...

Já foram ditas todas as palavras.

Deixo-te um abraço apertado...

ferroadas disse...

Estamos à tua espera

BJS

lagartinha disse...

Anamarta
Vim deixar um beijinho.
Se precisar de alguma coisa, disponha.

LopesCa disse...

Fica bem e até breve :|

Nuno de Sousa disse...

Espero que em breve voltes com todos esses problemas resolvidos, espero que não seja nada de mais q tenham solução isso é o mais importante de qualquer maneira força desse lado e um até já Ana,
Bjs e um bom fds
Nuno

teresamaremar disse...

Boa noite,

Sou Teresamaremar do espaço
www.NasTintasParaAsRegras.blogspot.com.

Venho informar que Elisabete Cunha – http://betescunha.blogspot.com/ - tem vindo a copiar integralmente, desde Setembro último, os meus textos e recolha de imagens.
Porque, contactei essa senhora, duas vezes, via email, de forma a que retirasse os meus trabalhos do seu espaço, não tendo obtido qualquer resposta, sou a esclarecer que são integralmente de minha autoria os posts por essa senhora publicados nos dias,

4 Setembro 2008
7 Setembro 2008
8 Setembro 2008
10 Setembro 2008
13 Setembro 2008
22 Setembro 2008
30 Setembro 2008
1 Outubro 2008
10 Outubro 2008
18 Outubro 2008
29 Outubro 2008

como poderá ser constatado no meu blog www.nastintasparaasregras.blogspot.com, e correspondem às minhas publicações seguintes,

26 Maio 2007, Primórdios da arte ocidental
22 Maio 2007, Recriar o Passado
17 Maio 2007, Da têmpera ao óleo
12 Maio 2007, A tela, invenção renascentista
5 Maio de 2007, Perspectiva, a ilusão da percepção
4 Maio 2004 (nota de abertura do meu blog)
6 Maio 2007, (IN)descrição das cores
10 Maio 2007, Psicologia das cores
20 Junho 2007, Das trevas à luz
9 Junho 2007, O olhar mágico
13 Junho 2007, Em tentação
3 Julho 2007, Do feminino e do masculino na arte
16 Agosto 2007, On Va à la Plage
24 Setembro 2007, Traço.Linha.Ponto

Considero que referir no final desses posts Fonte: Nas Tintas Para As Regras, é apenas a forma de dissimular a infracção que vem fazendo, pois que tal não é referência de uma fonte, porquanto
. não indica que se trata de um blog,
. não contém hiperligação para esse (meu) blog,
. não indica o endereço deste – www.nastintasparaasregras.blogspot.com –
. nem tão pouco inclui qualquer referência à autora teresamaremar

Mais acrescento que, uma fonte é, eventualmente, um lugar de onde retiramos uma imagem, uma ideia ou uma frase mas da qual nunca se faz uma cópia total do que outro escreveu e investigou, trabalho dedicado e, tantas vezes, demorado.
Mais me surpreende que essa senhora agradeça os comentários que lhe deixam nesses mesmos posts, sem que refira ser teresamaremar a autora dos mesmos.

A bem da seriedade bloguista

Cumprimentos

Isabel-F. disse...

passei para te deixar um beijinho

lagartinha disse...

Vim largar aqui beijinhos grandes e desejar um início de semana cheio de força!

lagartinha disse...

Anamarta
Amiga, se me permite, pela minha parte, tenho já algumas saudades suas...
Beijinho grande

Jorge P.G disse...

Que tudo melhore e retome o caminho certo!

Um abraço.

lagartinha disse...

Passei para deixar uma beijoca.

lagartinha disse...

Anamarta
Está na hora, amiga!
Vá lá, um esforçozinho, um passinho de cada vez, mas eu tenho tantas saudades suas! Vá lá...vá lá...
Beijinho

Sophiamar disse...

Vim deixar-te um beijinho grande, dizer-te que tenho saudades tuas mas s� quando sentires que por aqui podes andar, o deves fazer.
Vou aguardando e passando.

Recebe um abra�o apertado.

elvira carvalho disse...

Amiga, talvez não saiba, mas eu sou uma apaixonada pela poesia de Cecília Meirelles. Quando como agora ando mais em baixo, lá vou lê-la e às vezes isso funcionam como um recarregar de baterias. Hoje estava a lê-la, e ao reler este poema lembrei-me de si.
E vim cá deixá-lo. Embrulhadinho num abraço de saudade.

A arte de ser feliz
Cecília Meireles

Houve um tempo em que minha janela se abria sobre uma cidade que parecia ser feita de giz. Perto da janela havia um pequeno jardim quase seco.

Era uma época de estiagem, de terra esfarelada, e o jardim parecia morto. Mas todas as manhãs vinha um pobre com um balde, e, em silêncio, ia atirando com a mão umas gotas de água sobre as plantas. Não era uma rega: era uma espécie de aspersão ritual, para que o jardim não morresse. E eu olhava para as plantas, para o homem, para as gotas de água que caíam de seus dedos magros e meu coração ficava completamente feliz.

Às vezes abro a janela e encontro o jasmineiro em flor. Outras vezes encontro nuvens espessas. Avisto crianças que vão para a escola. Pardais que pulam pelo muro. Gatos que abrem e fecham os olhos, sonhando com pardais. Borboletas brancas, duas a duas, como refletidas no espelho do ar. Marimbondos que sempre me parecem personagens de Lope de Vega. Ás vezes, um galo canta. Às vezes, um avião passa. Tudo está certo, no seu lugar, cumprindo o seu destino. E eu me sinto completamente feliz.

Mas, quando falo dessas pequenas felicidades certas, que estão diante de cada janela, uns dizem que essas coisas não existem, outros que só existem diante das minhas janelas, e outros, finalmente, que é preciso aprender a olhar, para poder vê-las assim.

Um abraço

lagartinha disse...

Truz truz Anamarta
Vim deixar um beijinho e dizer que estou com saudades suas.
Bjs

Sophiamar disse...

Truz, truz, Ana Martaaaaaa!

Sou eu!

Mil beijinhos com amizade

lagartinha disse...

Está alguém?
Volto mais tarde...
Deixo à porta um cesto carregado de beijinhos

Sophiamar disse...

Deixo-te beijinhos, neste dia tão especial para mim.


Estou contigo.

Bem-hajas!

lagartinha disse...

Anamarta
Vim só dizer que me sinto feliz e honrada com a visita. Muuuuuuitos beijinhos para si.

Sophiamar disse...

Obrigada, querida amiga! As tuas palavras são muito bem vindas e desejadas.
Espero que vás melhorando, fisica e psicologicamente. Estarei aqui à tua espera.

Beijinhos

Bem- hajas!

lagartinha disse...

Passei para deixar um beijinho e até já...

lagartinha disse...

E não é que vim outra vez deixar beijinhos? Claro...gosto de falar com a Anamarta...Já sabe que o nosso Clube voltou às vitórias?
Beijocas verdes

Sophiamar disse...

Vim deixar-te um beijinho, amiga. Tenho saudades das tuas palavras.
Estarei por aqui.
Bem-hajas!

lagartinha disse...

Olá Anamarta
Estou meia cegueta porque parti as lunetas, mas ainda dá para deixar beijinhos...