quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Intervalo

x1p_aDJUL8hnF8F_WSfqfbfH-aQsiOsmeqYew92sgiy1gIyNIv-Q9i25-tshiJCHxToiV5GXmcrZHPT3EvCNr0v1S7VHMXqp1hsCgG5IVii5Q2DRxLo5h0JpDhiW7SeY5s2RgrRWVmIzXA

Eu só quero silêncio neste porto
Do mar vermelho, do mar morto

Perdida, baloiçar
No ritmo das águas cheias

Quero ficar sozinha neste espanto
Dum tempo que perdeu a sua forma

Quero ficar sozinha nesta tarde
Em que as árvores verdes me abandonam.

Sophia de Mello Breyner Andresen, in "Coral"

4 comentários:

lagartinha disse...

Anamarta
Sozinha, mas por pouco tempo, não?
Beijocas

paradoXos disse...

beijos!!

Cata-Vento disse...

Um pequeno intervalo, amiga. Boas melhoras! Preciso dos amigos, preciso da família...
Mil beijinhos

Bem-hajas!

Henrique Mário Soares disse...

descobri o teu espectacular blog por acaso, e voltarei cá mais vezes. se te apetecer um desafio que tambem a mim me foi transmitido passa pelo meu blog.