segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Cantiga de Maio

rompi

Da prisão negra em que estavas

A porta abriu-se p’ra rua.

Já sem algemas escravas,

Igual à cor que sonhavas,

Vais vestida de estar nua.

Liberdade, liberdade,Tem cuidado que te matam.

Na rua passas cantando,

E o povo canta contigo.

Por onde tu vais passando

Mais gente se vai juntando

Porque o povo é teu amigo.

Liberdade, liberdade,Tem cuidado que te matam.

Entre o povo que te aclama,

Contente de poder ver-te,

Há gente que por ti chama

Para arrastar-te na lama

Em que outros irão prender-te.

Liberdade, liberdade,Tem cuidado que te matam.

Muitos correndo apressados

querem ter-te só p’ra si;

e gritam tão de esganados

só por tachos cobiçados,

e não por amor por ti.

Liberdade, liberdade,Tem cuidado que te matam.

Na sombra dos seus salões

De mandar em companhias,

Poderosos figurões

Afiam já os facões com que matar alegrias.

Liberdade, liberdade,Tem cuidado que te matam.

E além do mar oceano

O maligno grão poder

Já se apresta p’ra teu dano,

Todo violência e engano,

para deitar-te a perder.

Liberdade, liberdade,Tem cuidado que te matam.

Com desordens, falsidade,

economia desfeita;

com calculada maldade

promessas de felicidade

e a miséria mais estreita.

Liberdade, liberdade,Tem cuidado que te matam.

Que muito povo se assuste,

Julgando que és tu culpada,

Eis o terrível embuste

Por qualquer preço que custe

Com que te armam a cilada

Liberdade, liberdade,Tem cuidado que te matam.

Tens de saber que o inimigo

Quer matar-te à falsa fé.

Ah tem cuidado contigo:

Quem te respeita é um amigo

Quem não respeita não é.

Liberdade, liberdade,Tem cuidado que te matam.

Jorge de Sena

4 comentários:

elvira carvalho disse...

Tão actual.
Um abraço

looking4good disse...

Vim fazer uma visita e que coincidência encontro este post com poema de Jorge de Sena em dia de aniversário do seu nascimento (2 de Novembro). Uma boa semana :)

Teena in Toronto disse...

Happy blogoversary :)

Henrique Mário Soares disse...

confesso que não conhecia, mas é impressionante a actualidade.parabéns por divulgar esta "pérola". obrigado