quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

60º Aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos - Blogagem Colectiva

 

                        Selo de Julio Resende    

                     Artigo I Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão  e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade.   

7 comentários:

CARLOS VEIGA disse...

Foi só 60 anos, já se fez muito... mas ainda há tanto, tanto por fazer...
Beijinho para si Anamarta ;)

Maria Clarinda disse...

Junto o meu grito ao teu.
Jinhos

peciscas disse...

Apesar do muito que ainda há a fazer, nunca é por de mais lembrar!Também aderi, com essa mesma intenção.

Paradoxos disse...

um beijão fraternal estimada amiga!!

Sophiamar disse...

Sessenta anos passados e tanto por fazer. Para quando o fim da fome, o fim da guerra, pão, trabalho, habitação, educação, saúde para todos?

Beijinhos

Bem-hajas!

Carminda Pinho disse...

60 anos passados, e ainda há quem nem o artigo 1º, conheça.

Beijos

Meg disse...

Anamarta,

Em 60 anos que passos demos? Parece que em alguns aspectos estamos a regredir... começando logo pelo Artigo I.
Não estou pessimista, é o meu sentimento.

Um abraço