domingo, 4 de maio de 2008

Dia da Mãe .

LAdolescente

Para mim é simplesmente mais um dia. Admirar, admiro-te todos os dias. Não preciso de um em especial. Amar, Amo-te sempre. Não há data que o mude. Mas se o dia oficial existe, então que seja celebrado. Que te seja dito que és a mulher que mais admiro na vida. Que te seja dito que se um dia for metade daquilo que és, sentir-me-ei concretizada e terei certeza de que sou uma Grande pessoa. Que te seja dito que para mim, não há ninguém que te iguale. Que te seja dito que não trocava a educação que me deste por nenhuma outra. Que te seja dito...

A m o - t e!

Que te seja dito tudo aquilo que mereces ouvir mas que no texto escaceia por falta de adjectivos.

És a melhor Mãe do mundo . Sem banalidades ou vulgaridades de expressão.

Amo-te e amar-te-ei sempre com toda a admiração e carinho que te devo por seres quem és.

A ti Ana, que soubeste nunca deixar de ser mãe.

Fonte: A minha Filhota

Pintura: Aqui

9 comentários:

Isabel-F. disse...

lindo o texto da tua filha ...

beijinhos e um feliz dia

Jorge P.G Sineiro disse...

BONITO TEXTO DA FILHOTA, hein?

PARABÉNS MAMÃ!

UM DIA FELIZ!

Odele Souza disse...

Anamarta,
Pedi para nossa amiga comum Isabel Filipe te dizer da dificuldade que tenho concontrado para entrar e comentar no teu blog. Sei lá porque, coisas da Net. Mas hoje felizmente consegui e quero te agradecer por todas as tuas visitas e comentários no blog de Flavia e aproveitar este dia das Mães aí em Portugal para te deixar um beijo especial.

Muito lindo o texto de teu post e imagino como te faz bem ler estas palavras escritas por tua filha.

Um abraço querida Anamarta.

Sophiamar disse...

Em Domingo de Maio, desejo-te um feliz dia da Mãe, querida amiga.

Com mil beijinhos e um muito obrigada por seres quem és.

Bem Hajas!

Ludo Rex disse...

Feliz Dia da Mãe. Que vivam todas as Mães do Mundo. Kiss e Bom Domingo

Dantas disse...

maneiro seu blog!
vamos nos linkar? :}

peciscas disse...

Bela, sentida e merecida homenagem.

Carla disse...

e que dizer destas belas palavras que dizem na essência aquilo que uma mão é para todos nós
beijos

Anónimo disse...

Como eu me sinto tão,mas tão pequenino!E ao mesmo tempo, Senhor de todos os Universos, com a Eternidade agarrada em minhas mãos tão frágeis e tão límpidas! "Só" porque estas são as Minhas Mulheres! Mulher - uma das palavras mais belas e mais fortes da nossa língua: a primeira sílaba é uma afirmação poderosa de Estar; a segunda, um grito intenso e azul de Ser!
E é com estas duas Mulheres que construo o Amor!
Como poderia eu não me sentir ao mesmo tempo tão pequenino e tão ENORME!
Um beijo para ti, Ana. Um beijo para ti, Marta.
António